Era do papel: é mesmo o fim?

Posted on Posted in publicidade

Essa discussão é velha. “O jornal impresso vai desaparecer. É questão de tempo”. Sim, sim, já ouvimos isso antes. Primeiro veio o rádio e a televisão, depois o jornalismo online, mas o fim dos tempos parece bater à nossa porta também por outra razão. Com tablets e smartphones participando de nossas vidas em qualquer tipo de situação, é difícil não pensar que não só o jornalismo impresso, mas também o próprio papel, podem vir a sumir nesse mundo tão digitalizado.

Afinal, por que eu, como estudante, gastaria meu dinheiro para tirar xerox de apostilas da faculdade se posso simplesmente acessar o arquivo PDF no meu Galaxy? E não, chega dessa história de comprar jornal de domingo, se eu pago mensalmente internet banda larga para facilitar minha vida.

Esse post não ambiciona responder a esse infindo debate, mas pretende compartilhar dois curtas com os nossos leitores que tratam dessas questões visando à reflexão do assunto.

O primeiro é um curta animado do designer alemão Ken Ottman, intitulado Paper Age. Nele é feita uma analogia comparando dinossauros ao jornal impresso, tendo como razão de extinção não um meteoro, mas sim um tablet. O argumento da animação, segundo consta no site de Ken, foi pensado a partir de um estudo de cinema 4D e After Effects. Além disso, o designer cita uma curiosidade do curta, que é o fato de o tablet da história estar aberto em uma página do Google com resultados para Leistungsschutzrecht, termo referente à lei de copyright alemã que exige que os dispositivos de buscas e agregadores paguem licenças para exibição de fragmentos de texto. Confira o curta abaixo:

Já o segundo vídeo é uma propaganda de caráter cômico. Criada pela agência de publicidade Leo Burnett para uma marca francesa de papel higiênico chamada Trefle, ironiza a atual crença de que o mundo digital foi criado e continua sendo desenvolvido para tornar tudo simples, rápido e prático. Mas será mesmo que um aparelho eletrônico é útil em todas as situações? Melhor dar uma olhada neste comercial.

Por Jéssica Amorim

(via Brainstorm9 e Exame Brasil)

(Visited 10 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Jéssica Amorim
Está tentando a vida no que a vida deixa, e no que não deixa também. Estudante do 7º período de Jornalismo e petiana desde junho de 2011.

Comentários

pessoas comentaram

One thought on “Era do papel: é mesmo o fim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *