PETiscos #33 – Edição Especial

Posted on Posted in PETiscos

Depois de umas duas semanas sem dar as caras, estamos de volta com nossa programação normal! Sentiu saudades? Não se preocupe, juramos solenemente não mais abandonar você ao relento assim, de qualquer jeito. Perdoa a gente? Afinal, essa ausência toda teve uma causa nobre, gente: cê reparou como o Blog PETCOM tá mais bonito, mais robusto, chic de doer? Agora a gente tem até versão mobile, querido! (pausa para um tapa na cara do recalque) Resolvemos arriscar mais uma vez grandes mudanças: saímos da plataforma Blogger e migramos pro WordPress, e estamos explorando este novo mundo de funcionalidades. Então, nada mais justo que reestrear o blog com a participação especial de estudantes que vieram antes da gente e também desenvolveram grandes trabalhos dentro do PETCOM. Por isso, sem mais delongas, aí vai o PETiscos #33, recheado de dicas dos nossos egressos petianos. Olha só:

Mary e Max – Uma Amizade Diferente (2009), de Adam Elliot

Minha dica pro PETiscos é uma animação australiana chamada Mary & Max (no Brasil, traduzida como Mary e Max – Uma Amizade Diferente). Dirigida por Adam Elliot, tem no elenco alguns nomes importantes como Philip Seymour HoffmanToni Collette e Eric Bana.

Fugindo à “regra” do gênero, Mary & Max não é um filme para crianças, longe disso. O filme trata de temas bem pesados como distúrbios de ansiedade, alcoolismo, obesidade, solidão e suicídio. O mais legal da história é ver como se desenvolve a amizade dos dois personagens principais: ao longo da vida, eles vão trocando cartas, experiências, errando, acertando e se descobrindo como em qualquer relação. Enfim, os 90 minutos do filme passam voando numa narrativa forte e emocionante.

(Dica da egressa petiana Samara Silveira, de Relações Públicas, e atualmente assessora de imprensa da Uniodonto Manaus)

Oene: bem razoável

Muito mais do que razoável, eu diria! O site Oene reúne textos aprofundados sobre diferentes temas. A linha editorial não restringe editoria. As matérias longas exigem a atenção do leitor, que deve estar preparado para ler conteúdos originais.

Tudo isso para oferecer análises diferenciadas aos leitores. A ideia é ofertar ideias e reflexões que não estão disponíveis na maioria dos links da World Wide Web. A matéria em vigência atende pelo título “O que podemos fazer para salvar o jornalismo”. Sugestivo, não?

Não deixe de acessar: www.oene.com.br

(Dica da egressa petiana Girlene Medeiros, de Jornalismo, e atualmente repórter do Portal G1)

Sobre documentários: A Corporação e The Story of Stuff

Os documentários têm uma linguagem diferenciada, pois usam uma linguagem mais direta, como se fossem uma boa conversa. E tive ótimas conversas com dois documentários durante minha graduação: o primeiro trata-se de A Corporação (The Corporation), dirigido por Mark Achbar Jennifer Abbotte, e em que são mostradas as outras faces das corporações para além de seu discurso bonito e imagem de super badaladas. E, para a área da Comunicação, é muito importante ter esse entendimento, de como a corporação funciona e o que pode ser feito para torná-la mais humana em suas relações. Defino como sensacional!

O outro filme são 20 minutos intensos e de choque de realidade sobre a lindinha da Responsabilidade Social das Empresas e nossos hábitos de consumo: é o The Story of Stuff (A História das Coisas), com Annie Leonard. E como tamanho não é documento, esse vídeo dá conta de mostrar como o sistema capitalista projeta nos produtos e serviços seus valores, vontades e desejos. Especialmente, para os Relações-Públicas abrirem os olhos, ouvidos e coração para as causas sociais e cuidar de não abordar o assunto com ingenuidade de Pollyanna. Defino como instigante.

Sobre livro: Fazer Acontecer.com.br, de Júlio Ribeiro

Os livros (acadêmicos ou não) devem ser nossos coleguinhas preferidos antes/durante/após a graduação. Como é delicioso ler sem obrigação, tudo flui à mente, as ideias e, dentre muitos, eu escolhi o Fazer Acontecer.com.br, do publicitário Júlio Ribeiro. No livro, ele fala da sua vasta experiência na empresa Talent e diversos outros cases de marketing. É importante saber a prática da profissão através de acertos, erros, ideias e gerenciamento de crise. O livro é um prato cheio para ser degustado com fome de comunicador, com aquela curiosidade e mente criativa; os convidados podem ser jornalistas, publicitários, administradores e relações-públicas. Então, bom apetite. Defino como “gostinho de quero mais”.

(Dicas da egressa petiana Larissa Mahall, de Relações Públicas)

(Visited 7 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
PETCOM UFAM
Petcom é a sigla para Programa de Educação Tutorial de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O programa é integrado por alunos dos cursos de Jornalismo e Relações Públicas, que desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de comunicação.
PETCOM UFAM

Posts Mais Recentes por PETCOM UFAM (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *