PETiscos #39

Posted on Posted in audiovisual, Cinema, Comunicação, Jornalismo, PETiscos, Relações públicas, Televisão, web

Sexta-feira gostosa, se não fosse esse calor manauara cada vez pior. Mas, como pensamos em tudo, pra você não ter que ficar sempre conversando sobre o quanto está quente, que quer sair dessa cidade pra ver neve e blá-blá-blá, que tal ver nossas dicas e ter coisas novas pra falar sobre e até mesmo recomendar pros amigos? Então aproveita que hoje tem filme e livros no PETiscos #39, a uma semana de se tornar um quarentão e entrar na idade da loba:

Elena (2013), de Petra Costa

Assisti a este filme em sua estreia, no mês de maio. Tinha ido a São Paulo para visitar meu pai e conhecer a cidade, e, por sorte, bateu com a data de lançamento do longa-metragem de Petra Costa. Fiquei realmente satisfeita com a oportunidade, principalmente porque saberia que demoraria muito para chegar a Manaus devido ao seu caráter muito independente (tópico de discussão para outro momento).

Naquele momento não pude, de forma alguma, escrever sobre o que tinha visto, e ainda agora me parece um atrevimento tentar, mas mesmo assim quero indicar Elena.

O longa é um documentário com um formato não convencional. Ao invés de ser constituído apenas de imagens de apoio e depoimentos de entrevistados, Elena consiste em aglomerado de pensamentos e memórias.

Petra Costa é a irmã mais nova de Elena, e decidiu produzir o filme para poder superar e se consolar de lembranças. Decidida a reencontrar a silhueta da irmã a partir de seu passado, Petra utiliza várias imagens que foram gravadas em sua infância, além de vários depoimentos de sua mãe e de pessoas que conheceram Elena. O filme corre e fica o entalo na garganta, e a identificação (acredito que principalmente para as mulheres) é difícil de evitar.

A fotografia colabora com a ideia de memória. Lembrando sempre um sonho ou imagens distorcidas pela água, Elena evidencia o passar e o ficar das coisas. As três personagens centrais dão à história um caráter quase universal, ainda que as situações sejam bem particulares. A dor, como o próprio filme diz, se torna uma memória inconsolável. Afinal, ao fim do filme, percebe-se que é mesmo difícil esquecer Elena. Assisti ao filme uma segunda vez porque não a esqueci e quis revê-la. Dançando com a lua, como ela mesma afirma. Sufocada pela vida.

Queria dizer mais coisas, mas as minhas impressões se misturaram as memórias de Petra e Elena no emaranhado ainda mais difícil de engolir, e não imagino como poderia alcançar este filme com palavras.

Só digo que aos que ficaram interessados (e aos que não também) aproveitem a oportunidade única de exibição de Elena na Semana do Audiovisual (SEDA) neste sábado (10/8), que acontecerá a partir das 16h, no Espaço Cultural Café Teatro (Av. Sete de Setembro). A mostra contará também com a apresentação do longa Delírios de um Cinemaníaco, de Carlos Eduardo Magalhães e Felipe Leal Barquetel, além também de exibições de curtas-metragens e videoclipes. Aparece lá!

E para quem precisa se sentir convencido de fato, pode ver o trailer de Elena, ou esse teaser fantástico que fizeram para a divulgação do filme:

(Dica da Jéssica Amorim)

Caiu na Rede. E Agora?, de Patrícia B. Teixeira

Caiu-na-Rede-E-Agora-baixaO livro “Caiu na Rede. E Agora? – Gestão e gerenciamento de crises nas redes sociais”, lançado pela a editora Évora e escrito pela jornalista Patrícia B. Teixeira fala sobre riscos e impactos que uma empresa pode passar a enfrentar neste novo sistema que são as redes sociais e traz dicas para monitorar e gerenciar esses conflitos na internet. É um excelente livro sobre mídias sociais que conta com cases de empresas como a Locaweb, Renault e Arezzo, que passaram por crises com erros comuns, mas que prejudicaram bastante a credibilidade da empresa.

A autora é formada em Jornalismo e especializada em Gestão e Gerenciamento de Crises e em Mídias Sociais. O livro explica como as redes sociais vieram tomando espaço no mundo de hoje e como as empresas estão aderindo e se inserindo neste novo ambiente social. Também é possível encontrar um pouco da historia e das funcionalidades das principais redes sociais, como o Facebook, Twitter, Orkut, etc.

O principal objetivo do livro é ajudar no gerenciamento de crises em empresas, por isso a autora explica os primeiros sinais de uma crise, o que fazer antes, durante e depois. E também como trabalhar junto à opinião pública. É um excelente livro, com leitura gostosa e um texto bem explicativo!

(Dica da Aline Fidelix)

Olhar Crônico, de César Tralli

olhar cronico cesar tralliA dica para o PETisco de hoje é a leitura do livro Olhar Crônico, do repórter César Tralli. É um livro feito com fatos que a TV mostrou e ao mesmo tempo não mostrou (rs). São diversas crônicas baseadas nas viagens e reportagens do autor na Europa e Oriente, com um olhar bem-humorado e uma prosa bem agradável. Não só um petisco, e sim um prato cheio para quem gosta de crônicas. 🙂

(Dica da Gisele Fernandes)

(Visited 18 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
PETCOM UFAM
Petcom é a sigla para Programa de Educação Tutorial de Comunicação Social da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O programa é integrado por alunos dos cursos de Jornalismo e Relações Públicas, que desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão na área de comunicação.
PETCOM UFAM

Posts Mais Recentes por PETCOM UFAM (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

2 thoughts on “PETiscos #39

  1. Pingback: ELENA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *