Conheça a Galeria Helena Gomes da Silva

Posted on Posted in arte, cultura, Manaus

Criada com o objetivo de dar aos artistas locais mais um espaço de divulgação para suas obras, a Galeria Helena Gomes da Silva, diferente de outras galerias da cidade que costumam ter exposições permanentes, tem uma maior rotatividade quanto às exposições que abriga em seu espaço, visto que existe uma grande quantidade de artistas que procuram oportunidades para mostrar seu trabalho e não conseguem apoio. De acordo com a coordenadora de eventos culturais Márcia Jerusa da Costa, uma vez que o Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (ICBEU) é uma instituição cultural, viu-se a necessidade dessa criação de um espaço para que artistas mostrassem seus trabalhos.

Logo que foi inaugurada, os responsáveis pela galeria entravam em contato com os artistas para que colocassem seus trabalhos em exposição. Hoje, no entanto, como é um espaço reconhecido no meio cultural, além dos artistas que despertam o interesse da coordenação, muitos outros fazem contato formal com a galeria e são selecionados pela diretoria da instituição. Cada exposição dura em média 25 dias, mas dependendo da demanda de exposições disponíveis para a galeria durante o ano, pode ocorrer um período maior ou menor de duração.

galeria helena gomes da silva (galeria icbeu)

A coordenadora de eventos culturais afirmou que não há um público específico: visitam o local estudantes de graduação (principalmente de Artes e Turismo), de Ensino Fundamental e Médio e profissionais de arte, mas um dos maiores objetivos é que os alunos do ICBEU conheçam um pouco mais de arte, e que os próprios pais dos alunos os influenciem a buscar mais, para que as crianças que lá estudam possam crescer com essa cultura de interesse artístico.

Quando questionada sobre a relação dos alunos com a galeria, Márcia Jerusa contou um pouco sobre os projetos em sala de aula, em que os professores usufruem da arte para o ensino do inglês, mas, por a galeria ser um local mais formal, essa exposição acabou por ser transferida para outro espaço dentro do instituto. Porém, muitos ex-alunos e/ou professores já fizeram ofícios e apresentaram seus projetos, o que traz uma enorme gratificação para os coordenadores. O ICBEU então procura levar a cultura não só para seus alunos mas também para a sociedade em geral, estando ao lado dos artistas e visando a integração entre arte e educação.

Por Alice Rosas e Tiago Calado

(Visited 23 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Alice Rosas

Alice Rosas

Dançarina, apaixonada por música, amante de diferentes tipos de artes, e completamente viciada em Internet e redes sociais. Como a própria Alice no país das maravilhas, costuma "ficar ali sentada, os olhos fechados, quase acreditando estar no país das maravilhas". Estudante do 3º período de Relações Públicas e petiana desde agosto de 2013.

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *