X edição da Série Guaraná apresentou: espetáculo “Música no Espaço”

Posted on Posted in eventos, Manaus, Música

Para aqueles que reclamam que não acontece nada interessante para públicos mais específicos, que é sempre a mesma programação, eis que a Secretaria de  Estado de Cultura nos apresenta um evento fora da programação habitual, lotando os aproximados setecentos lugares do Teatro Amazonas.

IMG_3441
Teatro Amazonas literalmente no espaço. Iluminação com efeito de estrelas.

 

O espetáculo Música no Espaço, parte da décima temporada da Série Guaraná, atraiu centenas de jovens com sua proposta inovadora (em Manaus) de apresentar as músicas da trilha sonora dos filmes da série Star Wars. O evento, que fora planejado para ter uma exibição única (30/1), já foi programado para duas outras reexibições nos dias 2 e 9 de fevereiro, devido ao sucesso. Em menos de três semanas, os duzentos lugares da platéia foram vendidos, restando aos demais ter que chegar cedo e enfrentar uma fila para tentar conseguir um lugar nos camarotes.

Fila às 16h40. Espectadores esperando para entrar no teatro.

Ao contrário da ideia que foi amplamente divulgada pela mídia, o espetáculo não era somente para os fãs de Star Wars: a música de abertura foi Assim Falou Zaratustra, a inconfundível abertura do filme 2001: Uma Odisséia no Espaço, composta por Richard Strauss.

A maior parte do concerto consistiu na apresentação da suíte Os Planetas, de Gustav Holst, onde cada movimento é dedicado a um planeta do sistema solar. As composições sobre os planetas foram baseadas mais em seu significado para a mitologia greco-romana do que em fins astronômicos, aumentando ainda mais a riqueza das composições. Destaque importantíssimo para o coro feminino do Coral do Amazonas no sétimo e último movimento da suíte: Netuno, o místico. No momento em que as vozes encheram o teatro, todos nas arquibancadas se esticaram para frente na tentativa de ver as cantoras que estavam ocultas nas saídas laterais.

Filarmônica tocando tema de Guerra nas Estrelas à caráter.

O maestro Marcelo de Jesus envolveu-se bastante com o público, cativando-os com sua juventude e energia e surpreendendo a todos quando após o intervalo retornou para o palco caracterizado de Jedi junto com toda a filarmônica (com direito a sabres de luz e tudo!!).

Enquanto ao fundo eram exibidas algumas cenas dos filmes, os músicos eram regidos por um maestro equipado com um sabre de luz, um grupo de violinistas à direita tocava com arcos iluminados enquanto a platéia vibrava e aplaudia ao fim de cada movimento como se estivesse assistindo a um show de rock. Devido ao cansaço no braço, o maestro revezava-se entre reger com o sabre de luz e a batuta (aquele pequeno bastão). Ele também foi atencioso ao reger a Marcha Imperial com o sabre de cor vermelha, fazendo o público ir ao delírio.

Espectadores caracterizados posando para as câmeras.

Como a Secretaria de Cultura vinha incentivando, alguns fãs apareceram caracterizados no Teatro Amazonas, e como recompensa, foram convidados a subir no palco e reger a orquestra. Luís Gustavo (Luke), de dez anos, foi caracterizado de Anakin Skywalker e foi escolhido pelo maestro para tomar o lugar de honra durante a regência da música-tema no fim do espetáculo.“Foi sinistro! Não é só porque eu sou fã de Star Wars, mas estar lá vendo (regendo) tudo o que eu vejo pelo computador! Foi incrível porque o som estava muito mais alto e muito mais bonito!”, disse Luke, enquanto abria caminho entre os fãs que queriam tirar fotos com o jovem jedi.

Por Victor Costa
(Fotos de Daniella Lima e Thaísa Lima)

(Visited 15 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Victor Costa
Um CDF que deu muita sorte por chegar na faculdade tão cedo e manter as espinhas longe do rosto. Sou fã de história antiga e mitologias, pseudomúsico e desenhista empolgado, me descobri um editor de vídeos razoável, e alguns gostam do que eu escrevo, apesar de considerar tudo o que eu produzo irrelevante para a vida, o universo e tudo mais. Estudante do 6º período de Jornalismo e petiano desde agosto de 2013.
Victor Costa

Posts Mais Recentes por Victor Costa (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *