Cine e Vídeo Tarumã faz homenagem a Eduardo Coutinho

Posted on Posted in Cinema, Ufam

Nesta semana o Cine e Vídeo Tarumã exibe uma programação especial em homenagem ao cineasta Eduardo Coutinho. O documentarista, falecido no dia 2 de fevereiro deste ano, é considerado um dos mais importantes da atualidade por trazer uma característica humanista e sensível ao gênero, fazendo filmes “com os outros”, e não “sobre os outros”, tentando entender as razões alheias do cotidiano de pessoas comuns. A programação da semana, “Homenagem Póstuma a Eduardo Coutinho”, trará os filmes Cabra Marcado Para Morrer, Edifício Master e Jogo de Cena.

Para abrir a programação, na segunda-feira, dia 17, será exibido o filme Cabra Marcado Para Morrer. O filme é uma narrativa semidocumental da vida de João Pedro Teixeira, um líder camponês da Paraíba, assassinado em 1962. Já na quarta-feira, dia 19, é a vez do filme Edifício Master. O assunto desse documentário é a vida privada na grande cidade e o apartamento como último refúgio de individualidade, além de ressaltar o fato de que morar junto num mesmo lugar não garante a formação de uma comunidade.

Finalmente, para encerrar a homenagem, na sexta-feira, dia 21, será exibido o filme Jogo de Cena. Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram sua história de vida em um estúdio. 23 delas foram selecionadas, em junho de 2006, sendo filmadas no Teatro Glauce Rocha. Em setembro do mesmo ano, várias atrizes interpretaram, a seu modo, as histórias contadas por estas mulheres.

O projeto Cine e Vídeo Tarumã é uma atividade de extensão do Departamento de Comunicação Social da UFAM, com as sessões acontecendo sempre às 12h30, no Auditório Rio Negro, do Instituto de Ciências Humanas e Letras, localizado no Setor Norte do Campus Universitário. As sessões são gratuitas e recebem o apoio cultural da locadora Take Video Locadora.

Por Alice Rosas

(Visited 16 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Alice Rosas

Alice Rosas

Dançarina, apaixonada por música, amante de diferentes tipos de artes, e completamente viciada em Internet e redes sociais. Como a própria Alice no país das maravilhas, costuma "ficar ali sentada, os olhos fechados, quase acreditando estar no país das maravilhas". Estudante do 3º período de Relações Públicas e petiana desde agosto de 2013.

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *