A Arte da Entrevista e da Reportagem

Posted on Posted in Jornalismo, literatura

bibliografia a arte da entrevistaNa última quarta-feira (25), durante a aula de Técnica de Reportagem, Entrevista e Pesquisa em Jornalismo, o professor Tom Zé distribuiu para cada aluno uma entrevista diferente, retirada do livro “A arte da entrevista”, de Cássio Loredano e Fábio Altman.

A arte da entrevista é um livro que reúne 48 entrevistas clássicas da história, produzidas de 1823 a 2000. A versão de Cássio Loredano e Fábio Altman não é a versão original; a primeira foi publicada em 1995, e foi atualizada e reformulada por eles. A nova edição sofreu cortes e acréscimos, e ganhou comentários em forma de desenhos feitos por Loreado, um dos maiores desenhistas brasileiros.

No livro podemos encontrar várias entrevistas históricas, como Karl Marx sendo entrevistado apenas dois meses depois da Comuna de Paris. Hitler, em 1932, dizendo: “Quando eu dominar a Alemanha…”. Luís Carlos Prestes, um pouco antes do AI-5, dizendo “O senhor sabe? Eu não conheço o meu último filho”. E Lula, em 2000: “Banqueiro tem que ter medo do PT. Não é normal num país os bancos ganharem o que estão ganhando aqui”.

Falando em arte e em jornalismo, também podemos destacar o livro, que também foi apresentado em sala de aula, “A arte da reportagem”, organizado por Igor Fuser. A obra tem o mesmo viés do livro citado anteriormente, apresenta 54 reportagens marcantes de 1846 à 1996. As reportagens foram escritas por diversos jornalistas, e alguns deles até abandonaram o jornalismo para seguir a carreira literária. Durante a leitura podemos encontrar reportagens escritas por brasileiros, como o Euclides da Cunha, Carlos Azevedo, Caco Barcelos e José Hamilton Ribeiro.

 E no meio dessa obra-prima, encontramos também uma reportagem publicada na revista Playboy em setembro de 1995 (número 242), escrita por Guilherme Cunha. Para quem não sabe, muitas das melhores peças do jornalismo brasileiro foram, e tem alguns que dizem que continuam a ser, publicadas em meios a peitos e bundas nas páginas da Playboy.

A reportagem de Guilherme, “Loja de brinquedos para adultos”, trata de um assunto que muitas pessoas têm curiosidade. Quem aqui nunca teve vontade de saber o que se passa dentro de um sex shop? Ou dos “brinquedinhos” que estão disponíveis lá e que milagre eles são capazes de fazer? Então, é isso que essa reportagem procura abordar. Com muita elegância e humor, o “Jovem Gui” consegue fazer com que o público faça um passeio por lá, sem precisar passar horas em frente a uma loja de artigos eróticos até criar coragem de entrar.

Por Joana Rebouças

(Visited 36 times, 3 visits today)
The following two tabs change content below.
Joana Rebouças

Joana Rebouças

Uma revolucionária tímida, mas cheia de histórias pra contar. Estudante do 6º período de Jornalismo e petiana desde agosto de 2013.
Joana Rebouças

Posts Mais Recentes por Joana Rebouças (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *