Brincadeira entre social medias vira coisa séria

Posted on Posted in web

A descontração no gerenciamento das contas online de várias prefeituras do país não é novidade. Motivadas, principalmente, pela “prefs fofinha”, a Prefeitura de Curitiba, que é pioneira nessa forma de gestão, adotando uma linguagem informal e extrovertida, outras prefeituras têm adotado um ar mais leve e atraente com os seus públicos no Facebook.

A Prefeitura de Curitiba, pela forma de tratamento aos seus internautas, recebe vários pedidos de casamento e por isso fez uma postagem esclarecendo que ela é um órgão público e não pode se casar. “Gente, a Prefeitura não pode casar. Mas isso não quer dizer que não amamos e cuidamos de todos. Obrigado pelo carinho e pedidos de casamento <3”. O que eles não esperavam era que com isso a Prefeitura do Rio de Janeiro iria se manifestar.

image

E assim começou uma campanha dos internautas para que o pedido fosse aceito, e a hashtag #AceitaCuritiba foi amplamente utilizada pelos usuários das duas páginas. O que eles não contavam era com a astúcia de uma prefeitura do outro lado do país. A Prefeitura de Manaus entrou no jogo como “mulher traída”, uma vez que esta acreditava estar em um relacionamento sério com a Prefeitura de Curitiba, já que a interação entre as duas fanpages é frequente.

A Prefeitura de Curitiba fez charminho postando um suposto perfil no aplicativo de relacionamento Tinder e afirmou que precisava conhecer melhor a Prefeitura do Rio de Janeiro e saber se esse amor não é cilada.

image (1)

A Prefeitura de Manaus entrou na brincadeira, lembrando os dois macacos-aranha que a Prefeitura de Curitiba tinha recebido após a apreensão do Ibama em Manaus:

image (2)

No dia seguinte, a Prefeitura de Manaus rompe oficialmente o seu relacionamento com a Prefeitura de Curitiba e muda o seu status de relacionamento no Facebook:

image (3)

A Prefeitura de Curitiba respondeu “Que fique constado nos autos que: Manauszinho querido, nós nunca chegamos a casar. Nem namorar. A gente sempre foi amigos e podemos continuar com a nossa amizade, não acha? Não fica assim. Continue gostando do seu calor que aquece meus dias frios”. E com tanta discussão, tratou de providenciar a cerimônia, que, para surpresa de todos, culminou em uma campanha de doação de sangue.

E foi aí que interação dos social medias foi maior. Todo mundo resolveu entrar na brincadeira e “puxar a sardinha pro seu lado”. Os pretendentes vieram de todos os cantos do país, as prefeituras de Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Alenquer, Maringá, Itatiba, Vila Velha, Contagem, Autazes, entre outras, aproveitaram o espaço para falar sobre suas belezas naturais e arquitetônicas.

O flerte com a Prefeitura de Manaus parece ter ficado mais intenso com a Prefeitura de Belo Horizonte, que jogou baixo e ofereceu pão de queijo. Para adoçar a brincadeira, Manaus ofereceu um doce de cupuaçu para recheá-lo. Belo Horizonte aceitou a combinação e logo apareceram muitos apoiadores ao novo casal.

image (5)

Manaus, mesmo se sentindo traída, mostrou não estar magoada e aceitou o convite para consagração do matrimônio entre as duas cidades, aderindo à campanha do Casamento Vermelho. A ação irá ocorrer no sábado, 27, no HEMOAM – Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas, Av. Constantino Nery, 4397.

image (4)

SERVIÇO

O quê: Casamento de Prefeituras vira ação para conquistar doações de sangue

Quando: Neste sábado, dia 27 de setembro

Horário: De 7h às 18h (sem intervalo para almoço)

Onde: Hemoam, localizado nas esquinas das avenidas Pedro Teixeira e Constantino Nery

Por Tayara Wanderley

(Visited 36 times, 8 visits today)
The following two tabs change content below.
Tayara Wanderley

Tayara Wanderley

Militante, feminista, hiperativa, falante e chata, muito chata. Estudante do 5º período de Relações Públicas e atualmente colaboradora do PETCOM.
Tayara Wanderley

Posts Mais Recentes por Tayara Wanderley (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *