Espetáculo curitibano “Cachaça sem rótulo” chega à Manaus

Posted on Posted in arte, dança

O Coletivo Curitibano Entretantas Conexão em Dança nos dias 8 e 9 de maio, às 20h, no Café Teatro, apresentará o espetáculo “Cachaça sem Rótulo”. Apreciado com o Prêmio Klauss Vianna de Dança 2013, da Funarte, Manaus e outras quatro cidades irão poder contemplar o trabalho. Nos valores de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), os ingressos estarão disponíveis para venda 1h antes das apresentações.

Criados em 2013 pelos artistas Gladis Tridapalli e Ronie Rodrigues, o “Cachaça sem Rótulo” e os outros trabalhos da Entretantas, surgiu pela observação e crítica à forma em que a dança tem sido vivida, criada e feita no Brasil. Uma forma em que o público e os trabalhos realizados pelos artistas se encontram distantes, a sociedade afastada da dança, os artistas separados dos críticos e o público especializado do senso-comum. Com a capacidade de afetar e ser afetado, o Cachaça sem Rótulo vem para criar uma aproximação entre a obra e o seu público.

Após vivenciar inúmeros cancelamentos de editais e pesquisas de danças pelo governo municipal de Curitiba, que estava passando por mudanças, esse caos teve um lado positivo:o nascimento dessa obra que surge nesse árduo contexto. Mesmo não sendo uma crítica ao difícil momento que estavam passando, a obra surge da percepção em que o corpo vive com suas intermináveis experiências com a política. Saturados de observar os dançarinos desunidos, os representantes políticos com pouca memória ou até mesmo competência, os seus direitos sendo jogados de lado e fadados de negociar algo que não se precisa provar: a importância da dança em uma sociedade.

Paulinha

ENCONTRO

Além das apresentações, também no Café Teatro no dia 9 de Maio, das 14h às 17h, a circulação do espetáculo contará com o encontro “Poéticas da resistência: modos de produzir e existir”, que tem como foco os grupos independentes de dançarinos e artistas profissionais e amadores, como também para toda a comunidade. A entrada é franca.

Como já vivido pelos artistas, a discussão de como produzir artes vivenciando um cenário político e econômico desfavorável, será um dos objetivos do encontro. Assim também como contar experiências, fomentar um debate político sobre métodos de manter viva a arte, trocar informações de formas alternativas de financiar projetos e reunir os artistas da cidade que muitas vezes não tem oportunidade de ter esse contato.

cachaça

SOBRE O GRUPO

Unidos com a intenção de produzir e discutir a arte em suas diversas formas de se realizar e mostrar, em 2005, os artistas Ronie Rodrigues e Gladis Tridapalli, criaram o coletivo Entretantas. Uma união não somente de dois artistas, contam também com os artistas Mabile Borsatto e Raquel Bombieri e seus permanentes colaboradores e inúmeros parceiros.

Atuando a partir de uma reflexão, experimentação e verificações de hipóteses, o grupo faz e pensa na dança fazendo desses todos elementos um só. Também procedendo com uma metodologia artística que se dá pelo aprofundamento das parcerias e a alternância das funções, fazendo com os artistas possam atuar de forma distinta nos trabalhos realizados pelo grupo, aprimorando seus talentos, especificidades atuando e aprendendo de forma compartilhada.

Outras obras do grupo são estão “Paredes são janelas” (2006), “Attraverso” (2007), “De maçãs e cigarros” (2008), “Samambaia: prima da monalisa” (2009), “Próximas Distâncias” (2009), “Entrenósoutros” (2010), “Swingnificado” (2011) e “Sujeitos Dançantes” (2012). “Cachaça sem rótulo” (2013) estreou na VI Mostra de Dança da FAP e ficou em temporada no Espaço Cênico, em Curitiba.

 

SERVIÇO

O quê: Espetáculo de Dança “Cachaça sem Rótulo” – Coletivo Entretantas (PR)

Quando:  8 e 9 de maio (sexta e sábado), às 20h

Onde: Café-Teatro (início da avenida Sete de Setembro, ao lado do Basa, Centro)

Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia); venda inicia no local 1h antes das apresentações

Mais informações.: (92) 98201-1229 ou (92) 98242-6224

O quê: Encontro “Poéticas da resistência: modos de produzir e existir”

Quando: 9 de maio (sábado), das 14h às 17

Onde: Café-Teatro (início da avenida Sete de Setembro, ao lado do Basa, Centro)

Quanto: Gratuito

Mais informações.: (92) 98201-1229 ou (92) 98242-6224

 

Fotografia:  Dayana Luiza e Paulinha Kozlowski

(Visited 16 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Marina Ribeiro

Marina Ribeiro

Pequena, porém ousada. Meiga, porém arranha. Apaixonada, porém enjoada. Ama violino, porém ouve Britney. Meio assim. Meio sei lá. Meio Marina. Estudante do 5º período de Relações Públicas e petiana desde agosto de 2013.
Marina Ribeiro

Posts Mais Recentes por Marina Ribeiro (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *