#PETRebobinar – A Princesinha

Posted on Posted in Cinema

A Princesinha (A Little Princess) é um filme de drama de 1995 dirigido por Alfonso Cuarón, estrelado por Liesel Matthews, Eleanor Bron, Liam Cunningham e Vanessa Lee Chester. Vagamente baseado no conto infantil “A Little Princess” de Frances Hodgson Burnett, a mesma autora de “O Jardim Secreto”, esta adaptação foi fortemente influenciada pela versão cinematográfica de 1939 e toma liberdades criativas com a história original.

O filme se passa em Nova York, Estados Unidos, no ano de 1914 durante a Primeira Guerra Mundial e conta a história de Sarah Crewe, uma garota inglesa que era bastante feliz com a vida que possuía. Sarah morava em um internato para garotas e seu pai antes de ir para a guerra, fez um trato com a gestora do local e pagou adiantadamente todo o custeio da filha para que ela recebesse a melhor educação possível. Nisso, a garota ganha um quarto somente para ela e é tratada como uma princesa por todos, por isso o nome do filme.

Sarah era uma garota bastante humilde e de um coração puro e amistoso para com todos. Logo, passa a ganhar popularidade entre as garotas do internato e acaba ganhando a inveja da gestora do local.

Pelo fato de se passar em um período em que o mundo estava em guerra, o pai de Sarah, capitão Crewe, fora chamado para combater os inimigos. Durante o embate, a tropa na qual ele estava fora atingida e ele é dado como morto. Automaticamente, o Governo retém todo o dinheiro e bens de Crewe e a filha acaba ficando sem nada. Ao descobrir isso, a gestora do internato ameaça expulsar Sarah do local, mas se compadece e deixa a menina ficar.

Após isso, como órfã, Sarah é obrigada a largar a vida de conforto que levava e passa a trabalhar como servente no internato para custear a estadia e os estudos. Bastante humilhada pelas outras garotas da escola após ter perdido tudo, ela passa a morar no sótão e viver na solidão.

a-princesinha-little-princess-movie-princesa-princesinha-princess-Favim_com-76242-thumb-800x787-112347

Porém, Sarah possui uma mente bastante fértil e passa a imaginar como seria sua vida quando seu pai retornasse. Como nem todas as meninas haviam se virado contra ela, Sarah passa as convidar para visitar o sótão e ali contar histórias sobre princesas. A garota defende a ideia de que todas as meninas são e devem ser tratadas como uma verdadeira princesa merece.

Graças a sua imaginação, Sarah passa então não se importar mais com as chacotas sofridas e então tenta seguir a vida de modo feliz e agradável. Durante isto, seu pai é encontrado e lembra vagamente da filha. Como estava vivo, o capitão teve seus bens restaurados e lhe fora devolvido tudo o que possuía, é então que ele decide voltar aos Estados Unidos e buscar saber por onde anda a garota.

Após encontrar a filha, Crewe descobre toda a humilhação que a menina passou e decide comprar o orfanato, além de demitir a inspetora que tanto a fez mal. Por fim, Sarah alegra-se por ter encontrado novamente o pai e assim continuar a ser feliz com ele.

O filme em si é bastante emocionante pois retrata a história de fé e perseverança de uma garota que perdeu tudo e mesmo assim continuou a acreditar que um dia seria feliz novamente. Além disso, a mensagem transpassada é a de que não importa como você seja, você sempre será uma princesa.

(Visited 15 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Danny Sullivan

Danny Sullivan

Jornalista em formação e sereio profissional nas horas vagas. Considera-se geek e fã de outras coisas estranhas (tipo Naruto, Justin Bieber e K-pop).
Danny Sullivan

Posts Mais Recentes por Danny Sullivan (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *