#PETiscos – Bionic, um álbum atemporal

Posted on Posted in PETiscos

Todos nós temos um álbum favorito dentre os nossos artistas que gostamos e é uma pena quando ele não obtém o sucesso esperado. É desgastante ver o esforço em vão de um artista que dá duro pra colocar sua essência e toda sua ideologia em um álbum. Isto aconteceu com Christina Aguilera em Bionic, lançado em 2010.

Com o mercado fonográfico em constante evolução e o boom dos charts digitais, além do pop começar a enraizar cada vez mais como o eletrônico, Aguilera soube trabalhar e mesclar essa mistura em seu 6º álbum de estúdio. Com uma sonoridade bastante a frente de seu tempo, a obra infelizmente foi um fracasso de vendas. Criticada por todos, mesmo assim Aguilera manteu-se firme e continuou sua jornada na indústria musical.

Christina1

Bionic nos traz em 18 faixas todo o amadurecimento de uma mulher que mesmo após a maternidade, mesmo após o casamento, continua com sua essência e sensualidade. Questionando sobre o amor, traição, o culto ao corpo, feminismo, filhos e toda essa gama de assuntos relacionados à mulher, Christina trabalhou com vários produtores e compositores a fim de mostrar todo seu potencial.

Diante da disputa entre quem tomaria o trono pelo pop, Aguilera não desestimulou mesmo em muitas das vezes ao ser comparada com Lady GaGa, além de ter copiado todo o conceito da mesma, segundo a mídia especializada.

Ao ser questionada sobre o trabalho por trás do álbum, Aguilera disse:

“Trabalhar nesse álbum com tantos artistas talentosos e produtores que eu admiro, foi realmente uma experiência incrível. Os artistas que eu escolhi para trabalhar, com adição de tantas camadas sonoras originais para Bionic. Minha intenção era entrar no mundo deles e eles fazerem combinações com a minha própria visão e música. Os resultados foram mágicos.”

Portanto, de músicas para relaxar com os amigos e até mesmo para curtir a bad, Bionic é uma obra prima de Aguilera que infelizmente não obteve todo o reconhecimento que merecia. Mesmo após 6 anos de seu lançamento, ainda vale a pena conferir o conteúdo apresentado nesse álbum e valorizar todo o esforço por trás dele.

(Visited 14 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Danny Sullivan

Danny Sullivan

Jornalista em formação e sereio profissional nas horas vagas. Considera-se geek e fã de outras coisas estranhas (tipo Naruto, Justin Bieber e K-pop).
Danny Sullivan

Posts Mais Recentes por Danny Sullivan (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *