Cadê a Legenda?

Posted on Posted in cultura, cultura pop

A polêmica é antiga e divide opiniões: Filmes dublados ou legendados? O que antes era uma discussão saudável entre amigos, namorados e familiares hoje se tronou um assunto muito mais sério. A distribuição de filmes com áudio original nas salas de cinema está cada vez mais escassa e levanta o questionamento, até que ponto as produtoras e distribuidoras e até mesmo as redes de cinema podem influenciar na escolha de filmes e de conteúdo audiovisual?

Nos anos 90 as distribuições de filmes dublados nas redes de cinema eram praticamente inexistentes, a maioria dos filmes eram legendados, as poucas sessões dubladas eram exibidas em horários específicos (geralmente eram no começo da tarde), com o passar dos anos, com a mudança dos meios de comunicação e distribuição de filmes a população passou a ter mais acesso ao cinema e a TV a cabo com isso as distribuidoras repararam a necessidade de oferecer mais conteúdos dublados, vejam: “+ Dublagem = + Acesso= + Dinheiro.

Nos dias atuais a situação é totalmente o inverso, a maior parte dos filmes em exibição nos cinemas é dublada com alguns poucos filmes legendados exibidos em horários ingratos como 21h ou 22h. A explicação para essa situação dada pelos gerentes das redes de cinema é que grande parte do público prefere filmes dublados a filmes com o áudio original.

O Jornal de Santa Catarina procurou as principais redes de cinema do para entender o porquê de se apostar cada vez mais em filmes dublados:

  • Cinemark

“A maior disponibilidade de filmes dublados em alguns complexos da Rede Cinemark ocorre em virtude da preferência do público local. Existem cinemas que recebem melhor filmes dublados e outros os legendados, mas a Cinemark procura prestigiar todos os perfis de público e manter em sua grade de programação filmes nos dois formatos.”

  • Cinépolis

“Já percebemos faz algum tempo essa tendência dos filmes dublados. Principalmente os grandes lançamentos sempre têm essa opção. A procura é muito maior, eu diria de 90%, por dublados. Quando tentamos colocar as sessões legendadas de alguns filmes cai bastante. E vai das distribuidoras também, que por meio de pesquisas vão repassando os filmes para cada praça de acordo com a preferência do lugar.”

O poder de escolha do consumidor está cada vez mais suprimido pela ganância das redes de cinema, o que deveria ser democrático acaba sendo um ato forçado por uma das partes. O consumidor deveria poder escolher dentro dos mesmos parâmetros que filme prefere assistir, mas, o que acontece é que acabamos refém do que é mais cômodo para determinada empresa.

(Visited 9 times, 1 visits today)
The following two tabs change content below.
Thiago Rodrigues

Thiago Rodrigues

Um agente da S.H.I.E.LD infiltrado em Forks para recrutar vampiros que brilham no sol. Estudante do 2º período de Relações Públicas, ama séries e filmes de terror ( principalmente os slashers dos anos 80), e realmente acredita que a vida é dividida em temporadas.
Thiago Rodrigues

Posts Mais Recentes por Thiago Rodrigues (Ver Todos)

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *