CULTURA POP: AS TURNÊS FEMININAS DO MUNDO POP – PARTE 1

Posted on Posted in cultura, Música, Sem categoria

Hoje o mundo pop está repleto de grandes performers femininas de palco que tentam oferecer apresentações cada vez mais ousadas. Algumas vezes essas mesmas artistas tem referenciado performances do passado em suas turnês como modo de pagar tributos ou homenagear suas grandes artistas, ao mesmo tempo tentam trazer novas leituras conceituais de como produzir uma turnê de música pop completa e inovadora. A minha intenção aqui é exibir os grandes trabalhos em turnês de uma série de artistas pop femininas, na intenção de mostrar que o modelo de turnê pop se construiu ao longo do tempo e não foi algo que surgiu da noite para o dia.

MADONNA

madona-1

A Madonna é, sem dúvida nenhuma, a real idealizadora da realização de uma turnê pop completa. Ela conseguiu compreender a essência do que uma grande multidão espera de uma artista pop no palco, mesmo não sendo uma cantora poderosa, uma grande dançarina ou uma atriz brilhante, mas ela consegue colocar dança, música e teatralidade nos seus shows na medida certa e sempre obtendo resultados bem sucedidos. A Blond Ambition foi literalmente uma conclusão artística de como se produzir uma turnê pop, artistas como David Bowie e Kate Bush iniciaram uma visão de como associar outras artes a música num show ao vivo, Madonna continuou o pensamento desses dois gênios e apenas traduziu ele para o público consumidor de pop que conseguiu testemunhar na Blond Ambition, a verdadeira essência do que é uma perfeita turnê de música pop. Madonna cria sempre turnês como referência a obras de outros artistas fora da música, além disse usa de temas polêmicos entre seus contemporâneos como sexualidade, religião, feminismo e política ou cria momentos icônicos no palco que as pessoas com o passar do tempo associaram a imagem dela. Iconicidade e intertextualidade no palco são o que torna a Madonna uma artista tão vibrante e impactante com o público. Hoje, ela é a artista feminina mais bem sucedida da história em turnês. Com referência que vão desde Metropolis de Fritz Lang e O Tigre e o Dragão de Ang Lee até filmes do Quentin Tarantino ou de pinturas como ¨Girlie Show¨ do pintor Edward Hooper, ela enlouquece seu público com performances geniais. Seus palcos são super tecnológicos, dançarinos completos e figurinos marcantes. Pelo fato de ter uma carreira em turnês tão bem sucedidas, da Blond Ambition até a sua última turnê, a Rebel Heart Tour, Madonna conseguiu emplacar performances incríveis e surpreendentes pela sua qualidade extremamente superior ao que outras artistas fazem.

JANET JACKSON

janet-jackson-1

A mais nova irmã dos Jacksons, senhora Janet Jackson criou uma carreira em turnês bem inusitada, é uma artista que criou uma ética de trabalho muito ousada e ao mesmo tempo inspirou uma série de outras artistas que viriam a surgir nos anos 2000. Uma dançarina praticamente técnica, uma vocalista bem discreta  mas com todo o vigor de entregar performances bombásticas no palco. Ela consegue contagiar o público com conceitos de performances inspirados nos musicais da Broadway e ao mesmo tempo entregar turnês polidamente produzidas. Janet usa da sexualidade associada a um surrealismo teatral no palco simplesmente impressionante e palcos muito inovadores. Suas turnês marcaram a música pop, porque foram excessivamente recicladas pelas artistas atuais do pop.

KYLIE MINOGUE

kylie

Kylie Minogue começou como uma performer muito discreta no palco, só na Rhythm Of Love Tour que ela finalmente conseguiu criar uma persona no palco extremamente vibrante e contagiante, curiosamente essa turnê foi bastante influenciada pela épica turnê Blond Ambition Tour da Madonna algo que fez ela ser acusada de ser uma wannabe da Madonna, mas ninguém esperava que Kylie iria acabar se tornando a princesa do pop fazendo turnês visualmente mais completa e perfeitas. Seu diretor criativo William Baker conseguiu polir suas turnês para criar atos de performances mais criativos e ousados a partir da Intimate & Live Tour, ela trabalha muito com filmes de ficção científica, musicais e filmes dos anos 50 e 60, visuais disco glam e new wave dos anos 80.  Ela teve um câncer de mama que a fez diminuir o seu vigor no palco, hoje o seu carisma e seus vocais cristalinos que fazem da sua performance interessante ao vivo aliados as suas grandes produções em turnês.

Britney Spears

brit

Britney Spears é uma seguidora fiel de todos os passos da Janet Jackson, ela seguiu a ética de trabalho de se utilizar de performances inspiradas em musicais da Broadway com excesso de efeitos pirotécnicos e extravagantes palcos levando para a sensualidade e ao mesmo tempo ingenuidade na sua persona de palco. Ela conseguiu criar momentos icônicos nas suas performances que marcaram uma geração de fãs de música pop. Muitos criticam o excesso de uso de playback nas performances de Britney e com o passar do tempo a sua presença e carisma de palco foi ficando cada vez mais desgastada, mesmo assim ela conseguiu criar uma persona de palco consistente pra todos verem uma performance de Britney e saberem na hora que seria algo que ela faria. Hoje, ela mantém suas performances ao vivo apenas na sua residência em Las Vegas.

BEYONCÉ

bey

Beyoncé Knowles é definitivamente uma das performers da música pop mais completas que existem na indústria hoje em dia, suas performances são marcadas pelo vigor e perfeição usando dança e vocais poderosos. As turnês da Beyoncé tem algo em comum, ela tem que ser o foco das atenções, ela deve comandar o palco de forma extremamente agressiva e impactante.  Suas turnês vem a cada novo show melhorando consideravelmente, ela vem ousado cada vez mais em pirotecnias e palcos cada vez maiores e muito extravagantes. Junto com seu diretor criativo Frank Gatson, Beyoncé trabalha visualmente suas últimas turnês a ponto de ficarem perfeitas para o público e toda a performance ficar completa, sem furos ou pontos fracos no show. A Beyoncé tem uma ética de trabalho muito similar ao da Janet e também se tornou em certo ponto uma de suas seguidoras no palco, trabalhando a performance com todo vigor sem fatigar ou perder o ritmo. Sua última turnê, a Formation World Tour foi o ápice criativo no palco de Beyoncé onde mostrou que ela ainda tem muito a se explorar no palco.

CHER

cher

Cher criou sua identidade de palco muito cedo já que é uma artista de longa carreira, mas curiosamente fez poucas turnês na sua carreira.  Normalmente, suas turnês são visualmente muito extravagantes em cenários e figurinos, ela usa de referências étnicas, alusões a estética metal rock e gótico, além de ter seus shows extremamente burlescos referências paras várias artistas pop que reciclam esse estilo. Ela costuma pagar tributos a própria carreira dela que já se experimentou de tudo. Sensual mas de forma bem elegante, não é uma dançarina no palco, tem uma voz poderosa e muito comando de palco. Uma verdadeira diva e deusa do pop pela sua longevidade ainda consegue lotar várias arenas nos Estados Unidos por causa de seus grandes hits e de seu público extremamente fiel.

(Visited 47 times, 3 visits today)
The following two tabs change content below.
Matheus Mota

Matheus Mota

22 anos, trabalho como realizador audiovisual louco e voraz por música, cinema e séries de TV. Escrever é a minha vida, desenhar é um hobby, cantar é uma alegria e dançar é a uma diversão. Arte me inspira e me edifica todos os dias. Estudante de 4º período de jornalismo.

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *