PEQUENA HISTÓRIA DA MÚSICA de Mário de Andrade

Posted on Posted in cultura, literatura, Música

Muitas pessoas conhecem o Mário de Andrade autor de Macunaíma, mas quando começamos a analisar sua vida acadêmica conseguimos ver que ele foi bem mais que um autor. Na época do começo do século 20 ainda era bem comum os intelectuais terem uma série de outros conhecimentos e domínios, Mário também foi um assíduo historiador e crítico de arte tomando pra si uma grande responsabilidade, conhecer a história da arte de forma universal. No livro, Pequena História da Música, relançado em 1942 e inicialmente lançado como Compêndio da História da Música em 1929, ele trata justamente de suas conclusões pessoais após coletar informações de tudo que surgiu na música desde a música de forma elementar na sociedade nos seus primórdios. Ele analisa de forma bastante teórica cada elemento musical que surgiu. Mostrando a evolução da música elementar para a música da antiguidade grega e romana, tomando a música da Idade Média com a Monódia Cristã, a Polifonia Católica, o surgimento da música profana no início do Iluminismo, além do Melodrama e da Polifonia Protestante.  Ele também aborda de forma bem detalhada as duas escolas musicais europeias do Classicismo e do Romantismo. E contextualiza a realidade brasileira ao abordar a nossa música erudita e popular, além de tentar analisar a atualidade na qual o livro foi escrito no começo da era das gravações na indústria musical na década de 1920. A obra ajuda explorar bastante como Mário foi um vanguardista na área da etnomusicologia no Brasil tentando compreender toda a essência cultural através da técnica musical de cada povo e período da história da humanidade. Requer muito conhecimento técnico para pegar esse livro pra ler, mas ele ajuda a criar base para conhecimento histórico musical perfeitamente, os detalhes da obra são surpreendentes.

(Visited 82 times, 7 visits today)
The following two tabs change content below.
Matheus Mota

Matheus Mota

22 anos, trabalho como realizador audiovisual louco e voraz por música, cinema e séries de TV. Escrever é a minha vida, desenhar é um hobby, cantar é uma alegria e dançar é a uma diversão. Arte me inspira e me edifica todos os dias. Estudante de 4º período de jornalismo.

Comentários

pessoas comentaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *